PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Nova York fica alaranjada por causa da fumaça de incêndios florestais (vídeo)

Foto: DAVID DEE DELGADO/GETTY IMAGES VIA AFP

A poluição do ar atinge níveis alarmantes em Nova York, tornando a cidade uma das cinco mais poluídas do mundo.

A Big Apple acaba de integrar uma lista que ninguém gostaria de fazer parte: a das cidades com a pior poluição do ar do mundo.

Grandes colunas de fumaça nociva, provenientes de mais de cem incêndios florestais na província canadense de Quebec, espalharam-se pelos Estados Unidos, engolfando periodicamente a região Nordeste e o Meio-Atlântico por mais de uma semana.

Essa condição atmosférica tem gerado preocupações acerca dos efeitos danosos da persistente má qualidade do ar.

Na última terça-feira (6), o índice de qualidade do ar de Nova York atingiu um pico superior a 150, conforme registrado pelo IQAir.

Este é um patamar de poluição considerado “insalubre” para grupos sensíveis, como idosos, crianças pequenas e pessoas com problemas respiratórios.

Confira o vídeo:

Segundo a IQAir, Nova York ainda estava entre as cinco principais cidades com a pior poluição do ar no mundo na tarde de terça-feira, juntamente com Dhaka (Bangladesh), Jakarta (Indonésia) e Nova Deli (Índia).

Veja mais imagens:

Os incêndios florestais emitem uma nuvem de partículas extremamente pequenas, conhecidas como PM2,5 – o menor poluente, porém o mais perigoso. Uma vez inalado, pode infiltrar-se profundamente no tecido pulmonar e entrar na corrente sanguínea.

Originado de fontes como a combustão de combustíveis fósseis, tempestades de poeira e incêndios florestais, o PM2,5 tem sido associado a vários problemas de saúde, incluindo asma, doenças cardíacas e outros distúrbios respiratórios.

Anualmente, milhões de pessoas perdem a vida por problemas de saúde relacionados à poluição do ar. Em 2016, cerca de 4,2 milhões de mortes prematuras foram associadas ao material particulado fino, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). Na última terça-feira, a concentração de PM2,5 no ar de Nova York era mais de 10 vezes o limite estabelecido pela OMS.

Mais de 150 incêndios florestais estão ativos em Quebec nesta semana, segundo o Canadian Interagency Forest Fire Center – um número mais do que o dobro do registrado em qualquer outra província canadense.

Até agora, em 2023, ocorreram mais de 400 incêndios florestais em Quebec, o dobro da média para este período do ano. Quase 9 milhões de acres foram devastados por incêndios florestais no Canadá neste ano, com cerca de meio milhão de acres queimados apenas em Quebec.

Tópicos
Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE