PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PM é afastado após agredir homem algemado e idosa em São Paulo (vídeo)

Foto: Reprodução / Twitter

O policial foi flagrado em vídeo agredindo violentamente um homem rendido e uma idosa deficiente auditiva.

O policial militar Kleber Freitas da Silva foi afastado das atividades operacionais após ser flagrado em um vídeo agredindo um homem algemado e uma idosa, em Igaratá, interior de São Paulo, conforme informou a Secretaria de Segurança Pública (SSP).

O incidente ocorreu na última terça-feira (30) no bairro Água Branca.

As imagens, gravadas por uma testemunha, mostram o policial agredindo um homem que estava rendido e deitado no chão e, em seguida, acertando um soco no rosto de uma idosa deficiente auditiva que tentava intervir. Confira o vídeo:

A SSP confirmou que um Inquérito Policial Militar (IPM) foi instaurado para apurar todas as circunstâncias do incidente.

A SSP alega que os policiais reagiram à hostilidade e agressões do grupo durante uma discussão de vizinhos sobre a demarcação de terras.

A Polícia Militar havia sido chamada para mediar a situação que começou quando o vizinho de Vilma de Oliveira, a idosa agredida, iniciou a construção de um muro que invadia a propriedade dela.

Vilma, de 80 anos, que tentou intervir na ação policial, disse: “Para não ter exaltação, chamei a Polícia, mas tomei [um soco] no nariz. Em vez de defender, a polícia me agrediu”.

Benedito Rodrigues de Oliveira, filho da idosa e um dos homens algemados, relatou que as agressões policiais continuaram dentro da viatura, após o fim das filmagens. Ele afirma ter recebido golpes de cassetete na cabeça e socos no rosto.

Vilma foi atendida em um posto de saúde local e logo liberada. Todas as pessoas envolvidas, incluindo os policiais, foram submetidos a exames de corpo de delito. O caso está sendo investigado pela delegacia de polícia de Igaratá.

Tópicos
Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE