PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Bia Haddad Maia faz história ao chegar às semifinais de Roland Garros

Foto: Clodagh Kilcoyne / Reuters

A tenista paulista conquistou um marco inédito para o tênis brasileiro ao igualar a lendária Maria Esther Bueno.

Na manhã desta quarta-feira, 7, a brasileira Beatriz Haddad Maia inscreveu seu nome na história do tênis brasileiro.

A paulista venceu a tunisiana Ons Jabeur por 2 sets a 1 (3/6, 7/6 (5) e 6 a 1), numa vitória de virada, que a levou à semifinal de Roland Garros.

Ao alcançar as semifinais, Bia se equipara a Maria Esther Bueno, a última brasileira a atingir essa etapa em um Grand Slam, no US Open de 1968. Com essa vitória, Bia deverá figurar entre as top 10 do ranking da WTA na próxima semana.

“Desde o começo da minha carreira, passei por muitas barreiras. Tudo na minha carreira foi aos poucos, nunca fui rompedora. Estou muito feliz, ainda mais porque a Ons é uma jogadora que respeito muito. Fui muito disciplinada. Estou vivendo um sonho, trabalhei duro para estar aqui”, declarou Bia emocionada em entrevista à ESPN.

Bia agora aguarda a vencedora do confronto entre Iga Swiatek e Coco Gauff, que jogarão ainda nesta quarta-feira.

Depois de perder o primeiro set por 3/6, Bia mostrou uma determinação incrível e cresceu na partida, que foi sem dúvida o seu maior desafio até aqui. A brasileira revidou no segundo set, vencendo Jabeur, a ex-número 2 do ranking da WTA, por 7/6 no tie-break, num jogo de muita garra.

No terceiro e decisivo set, Bia mostrou uma performance impecável. A paulista iniciou com uma vantagem de 3 a 0, mas a tunisiana começou a se recuperar. Apesar da pressão, Bia manteve a calma e fechou a partida em 6/1, selando sua passagem para as semifinais.

Este foi o terceiro embate entre as duas tenistas. A primeira partida ocorreu há sete anos, num torneio menor na França, e a segunda foi há dois meses, no WTA 500 de Stuttgart, onde Ons Jabeur saiu vitoriosa.

Desta vez, porém, foi Bia quem comemorou a vitória, e agora a tenista brasileira segue para enfrentar o próximo desafio em Roland Garros.

Tópicos
Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE