PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Passageira assume volante após motorista de Uber ser flagrado bêbado em blitz

Foto: Reprodução / Terra

Uma jovem de 21 anos terminou dirigindo a própria corrida de aplicativo após motorista se mostrar bêbado.

Numa corrida de aplicativo em Nova Odessa, interior de São Paulo, Nicole Leslie, de 21 anos, teve uma experiência inusitada: ela terminou ao volante do carro que a pegou na origem da viagem.

O fato ocorreu no dia 10 de junho, quando Nicole e suas amigas saíram de Americana para Nova Odessa, para participar dos Jogos Universitários de Comunicação e Artes (JUCA).

No caminho entre as duas cidades, que normalmente dura 30 minutos, o motorista tomou uma rota alternativa e a viagem acabou levando mais de uma hora.

“Achamos que íamos ser sequestradas porque ele errou o caminho, não seguiu o GPS e disse que conhecia um caminho alternativo”, relata Nicole.

Quando o carro foi parado em uma blitz, o motorista realizou o teste do bafômetro, que deu positivo. “A gente só percebeu que talvez ele estava bêbado quando ele titubeou para fazer o teste do bafômetro”, diz Nicole.

Em meio à estrada durante a noite, e diante da impossibilidade de chamar outra carona, Nicole decidiu tomar as rédeas da situação e assumir a direção do carro. Ela realizou o teste do bafômetro e, ao receber o resultado negativo, dirigiu até o destino final.

Ao chegarem na festa, o motorista ficou no carro, mas as jovens não sabem quando ele deixou o local. A corrida que deveria custar R$ 14,00 resultou em uma cobrança de R$ 54,00. Nicole contestou o valor e o motorista acabou sendo banido da plataforma de carona paga.

Tópicos
Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE