PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Com um a menos, Botafogo segura o Flamengo e assume a liderança do Brasileirão

Foto: André Durão / Reprodução

Rafael foi expulso no início da etapa final; Tiquinho Soares e Lucas Perri garantem a vitória do Fogão no Maracanã.

Em jogaço no Maracanã, o Botafogo venceu o Flamengo por 3×2 e assumiu a ponta da tabela do Brasileirão. O Glorioso agora tem 9 pontos conquistados em três jogos disputados, 100% de aproveitamento.

Os gols da partida foram marcados por Tiquinho Soares (duas vezes) e Danilo Barbosa pelo lado do Fogão. Pelo Rubro-Negro, Léo Pereira fez os dois.

E logo com 5 minutos de jogo, Wesley chegou pela direita e serviu Vidal dentro da área. O chileno finalizou mascado de primeira e a bola beijou a trave direita de Lucas Perri.

Ayrton Lucas arriscou de fora aos 16, para defesa segura do goleiro botafoguense.

Aos 27, Victor Sá foi derrubado dentro da área por Wesley. Tiquinho Soares cobrou bem o pênalti e abriu o marcador.

Dez minutos depois, Pedro recebeu cruzamento e testou firme. Perri voou no canto e fez grande defesa.

No último lance da primeira etapa, Eduardo bateu escanteio na cabeça de Danilo Barbosa, que só tirou de Santos para ampliar.

Com menos de um minuto do segundo tempo, Gabigol saiu frente a frente com Lucas Perri, mas finalizou em cima do goleiro.

Aos 5’, Rafael fez falta dura em Cebolinha, recebeu o segundo amarelo e foi expulso.

No minuto seguinte, o camisa 11 acertou belo chute de fora, mas Perri se esticou todo para mandar para escanteio.

A pressão rubro-negra era grande. Aos 12’, Fabrício Bruno achou Léo Pereira livre na grande área. O zagueiro pegou de primeira e descontou.

Gabigol teve a bola do empate nos pés, mas finalizou para fora. Aos 24, Luis Henrique saiu na cara de Santos, mas o goleiro fez grande defesa. No rebote, Marlon Freitas finalizou, mas Fabrício Bruno salvou.

No lance seguinte, Tchê Tchê se livrou de três marcadores, foi na linha de fundo e só rolou para Tiquinho Soares marcar o segundo dele na partida.

Aos 39, Éverton Ribeiro deu bola primorosa para Pedro, que finalizou dentro da área. Perri fez um verdadeiro milagre com os pés. Na cobrança de escanteio, Léo Pereira subiu mais que todo mundo e deu números finais ao clássico.

Tópicos
Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE