PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Enigma visual desafia percepção: apenas 1% das pessoas decifra esse desenho

Foto: Reprodução / Twitter

Teste de criatividade: desvendando o processo mental por trás da percepção de imagens complexas.

O desafio visual que está circulando na internet vem intrigando muitos, ao mesmo tempo que oferece uma visão intrigante da natureza da criatividade humana.

Uma imagem aparentemente simples, mas enganosamente complexa, tem desafiado a percepção de muitos, com apenas 1% da população capaz de identificar corretamente a figura oculta.

Confira:

Foto: Reprodução / Twitter

O truque que tem auxiliado algumas pessoas a decifrar a imagem é simples: cobrir a parte mais escura da figura. Mesmo assim, para muitos, o enigma continua impenetrável. Pronto para a revelação?

Após uma segunda tentativa, agora com cores, a figura misteriosa se desvenda: é um homem usando um chapéu de cowboy.

Foto: Reprodução / Twitter

Algumas pessoas precisaram de uma hora inteira para decodificar a imagem, enquanto um pequeno grupo de sortudos percebeu a figura oculta instantaneamente. Se você está entre os mais rápidos, estudos sugerem que você pode ser uma pessoa altamente criativa.

A criatividade, frequentemente considerada uma habilidade abstrata e inquantificável, é muitas vezes associada a momentos de “estouro” de inspiração que surgem do nada. No entanto, cientistas têm conseguido captar e analisar o processo criativo, identificando características distintas que pessoas criativas possuem.

As pesquisas revelam que indivíduos criativos tendem a utilizar áreas maiores do cérebro durante o processo de pensamento. Isso lhes permite associar mais ideias e memórias ao tentar decodificar algo. Portanto, quando se trata de desvendar uma imagem, as pessoas criativas têm mais elementos com os quais trabalhar. Elas conseguem reunir “peças” conhecidas mais rapidamente na construção de suas ideias, o que pode explicar por que para alguns este quebra-cabeça visual foi facilmente resolvido.

Se você olhou para a imagem e viu apenas uma forma distorcida de um morcego ou de um rato, não se preocupe. Isso só indica que você processa informações de maneira diferente, possivelmente de uma forma mais formal, seguindo regras e associações conhecidas. Em contrapartida, pessoas mais criativas tendem a ter um pensamento mais “fora da caixa”, explorando um leque maior de opções.

Este tipo de desafio visual não é o primeiro a estimular o debate sobre como nosso processo de pensamento influencia nossa percepção do mundo. O famoso dilema “pato-coelho”, apresentado pelo psicólogo americano Joseph Jastrow em 1899, já levantava questionamentos similares, servindo como ponto de partida para pesquisas sobre esse tema fascinante.

Tópicos
Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE