PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

EUA revelam dados sobre arsenal nuclear e instam a Rússia a fazer o mesmo

Foto: Reprodução / AFP

Em meio a tensões crescentes, Washington pede que Moscou retome o cumprimento do tratado de desarmamento nuclear.

Em um movimento de transparência, os Estados Unidos divulgaram nesta segunda-feira números específicos relativos ao seu arsenal estratégico de dissuasão nuclear.

Simultaneamente, exortaram a Rússia a apresentar dados semelhantes, mesmo após a suspensão de Moscou ao tratado de desarmamento nuclear New Start.

De acordo com informações divulgadas pelo Departamento de Estado norte-americano, até o dia 1º de março, o país havia posicionado 662 mísseis balísticos intercontinentais.

Esse total inclui os mísseis embarcados em submarinos e bombardeiros, munidos de 1.419 ogivas nucleares e 800 lançadores.

O Departamento de Estado afirmou: “Os Estados Unidos conclamam a Rússia a honrar suas obrigações legais e a retomar a implementação integral do New Start, bem como todas as medidas de estabilização, transparência e verificação que o acordo prevê.”

A Rússia anunciou em fevereiro a suspensão de sua participação no tratado New Start, em uma resposta direta à assistência fornecida pelo Ocidente à Ucrânia, em meio ao conflito em curso entre a Ucrânia e Moscou.

Assinado em 2010, o New Start é o mais recente acordo bilateral de desarmamento nuclear entre os Estados Unidos e a Rússia.

Tópicos
Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE