PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Jogadores do Santos denunciam ofensas racistas na Copa Sul-Americana

Foto: Raul Baretta/Santos FC

Ângelo e Joaquim, atletas do Santos, são alvos de injúrias raciais durante partida contra o Audax Italiano.

Na última quarta-feira (24), uma sombra se abateu sobre o futebol quando o Santos enfrentou o Audax Italiano em uma partida válida pela Copa Sul-Americana.

Os jogadores Ângelo e Joaquim, do clube brasileiro, foram vítimas de ofensas raciais vindas da torcida do time adversário, evento que o Santos condenou veementemente em uma declaração oficial.

Ângelo, atacante do Santos, compartilhou em entrevista após o jogo os insultos raciais que recebeu ao ser substituído.

“Quando me aproximei da linha lateral para deixar o campo, um torcedor me ofendeu com termos depreciativos e imitou gestos de macaco. Acabei revidando e pedi ao auxiliar técnico para tomar uma atitude”, descreveu o atleta.

Além disso, o jogador fez um apelo à Conmebol para que tomasse medidas enérgicas contra esse tipo de comportamento, citando o recente incidente de racismo que envolveu o jogador Vinícius Jr.

“Já chega de racismo, de ser conivente. É preciso ir além das palavras e implementar ações punitivas. Precisamos dar um basta nisso e ensinar ao público a importância do respeito”, disse Ângelo.

Quanto a Joaquim, as ofensas raciais ocorreram fora das quatro linhas. Conforme reportado pelo Santos, o jogador sofreu agressões verbais de torcedores do Audax Italiano em uma área no 4° andar do estádio.

Odair Hellmann, treinador do Santos, manifestou apoio aos seus jogadores e fez um apelo para que as entidades responsáveis apliquem sanções rigorosas.

“Espero que a Conmebol, a Fifa e a CBF busquem e apliquem punições. Se não houver consequências, isso continuará a acontecer. É uma dor histórica e irreparável. A sociedade já não aceita mais isso. Se dependesse de mim, nós abandonaríamos o campo. Tenho que respeitar a direção do clube, mas minha posição é clara: retirar o time de campo”, afirmou o treinador.

Tópicos
Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE