PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Netflix perde 1 milhão de assinantes após proibir compartilhamento de contas

Foto: Reprodução / Pexels

Plataforma de streaming tenta combater o uso indevido de contas, mas sofre prejuízo em alguns países.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Kantar (via TV Cultura), a Netflix sofreu uma perda de 1 milhão de assinantes na Espanha no primeiro trimestre de 2023.

O país é um dos selecionados para a aplicação da nova política de compartilhamento de contas, que também afetou o Canadá, Nova Zelândia e Portugal.

A Netflix confirmou a perda de usuários nos territórios em que é necessário pagar uma taxa extra caso queira utilizar a conta em mais de um domicílio.

A estratégia da empresa era forçar as pessoas que utilizavam contas emprestadas a assinarem o serviço ou pagarem a tarifa mais cara, mas isso não parece estar acontecendo.

A plataforma de streaming havia planejado implementar o novo sistema em mais países ainda nos primeiros meses do ano, mas adiou a medida para o próximo trimestre após os resultados negativos divulgados no balanço.

Segundo a nova política, caso uma conta seja acessada constantemente em outro local, a Netflix fará uma verificação, enviando um e-mail com um código a ser inserido no dispositivo que tenta realizar a conexão.

A cobrança não será feita automaticamente, mas a empresa poderá bloquear o acesso caso as conexões sejam constantes.

“A conta Netflix precisará ser verificada antes de poder ser usada para assistir à Netflix em um dispositivo que não esteja associado à residência do proprietário da conta principal”, explicou a empresa.

Para viagens, o usuário pode fazer o procedimento de verificação a partir do código por até sete dias consecutivos.

Embora a Netflix esteja tentando combater o uso indevido de contas, as novas medidas ainda não têm data para chegar ao Brasil.

Tópicos
Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE