PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Palmeiras bate o Cerro Porteño de virada e consegue primeira vitória na Libertadores

Foto: Marcos Ribolli / Reprodução

Verdão saiu atrás, mas Gustavo Gómez e Navarro garantiram os três pontos.

O Palmeiras venceu o Cerro Porteño por 2×1, de virada, e conquistou a sua primeira vitória na Copa Libertadores. Bobadilla abriu o placar para os paraguaios, mas Gustavo Gómez e Navarro garantiram a virada na segunda etapa.

Com o resultado, a chave tem um empate quádruplo: Cerro, Bolívar, Barcelona de Guayaquil e Palmeiras têm 3 pontos cada. O Verdão ocupa a lanterna pelo saldo de gols.

Jogando no Morumbi — o Allianz está fechado por conta de um festival de rock —, os visitantes começaram com tudo e abriram o placar logo aos 4′ de jogo.

Morales recebeu na esquerda, limpou a marcação e tocou para Churín, que bateu para defesa de Weverton. Porém no rebote, Bobadilla completou de cabeça para o gol vazio.

O tento paraguaio desestabilizou o Palmeiras, que pouco conseguiu criar na primeira etapa. Artur teve chance de empatar aos 25, mas o brasileiro Jean fez boa defesa.

A volta do intervalo já dava indícios da mudança de postura dos comandados de Abel Ferreira.

Com mais ímpeto e as entradas de Endrick e Navarro, o Verdão passou a encurralar o Cerro em seu campo de defesa.

A pressão era grande, e o gol de empate veio aos 18′. Após cobrança de falta, Artur chutou e Jean fez milagre, mas o capitão Gustavo Gómez completou no rebote.

Endrick quase virou aos 25, mas Jean fez outra excelente defesa. Quatro minutos depois foi a vez de Zé Rafael, com nova intervenção do arqueiro brasileiro.

A virada era mais do que madura e veio aos 30. Em nova bola levantada na área, Gómez ajeitou para trás e Rafael Navarro, embaixo da trave, só completou para o gol.

A equipe paraguaia ainda tentou um abafa no final, mas a defesa palmeirense se comportou bem e garantiu os três pontos.

Tópicos
Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE