quarta-feira, outubro 20, 2021
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Pisa 2018: ensino do Brasil, mais uma vez, entre os piores do mundo

- PUBLICIDADE -

Em principal avaliação internacional sobre educação, ensino das escolas e universidades brasileiras é classificado como um dos piores do mundo.

A Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) divulgou, nesta terça-feira (3/12), o resultado do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes do ano de 2018 (Pisa 2018).

O Pisa é o principal exame internacional em educação e mede, a cada três anos, o desempenho de estudantes de 15 e 16 anos de 79 países.

Nenhuma novidade no que se refere ao Brasil: o país continua com um desempenho péssimo e aparece entre as 20 piores colocações no ranking das três áreas analisadas pelo programa: ficou em 57° lugar em leitura, 66° em ciências e em 70° em matemática.

O resultado divulgado hoje teve como base dados obtidos em 2018, ou seja, no último ano do governo de Michel Temer.

Ministro culpa PT

Em entrevista a jornalistas na manhã desta terça-feira, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, disse que os péssimos resultados do Brasil no Pisa 2018 são “integralmente culpa do PT”.

Segundo o site Poder 360, ele se comprometeu a melhorar os resultados no próximo exame, que será feito em 2021.

Weintraub reclamou da cobertura da imprensa.

Para ele, muitos veículos noticiaram o teste “insinuando” que ele tinha alguma relação com o governo de Jair Bolsonaro.

Weintraub entende que nem mesmo Michel Temer, então presidente quando o Pisa foi realizado em 2018, tem culpa: 

“Não deu tempo. É integralmente culpa do PT, dessa doutrinação ‘esquerdófila’ sem compromisso com o ensino. Quer discutir sexualidade e não ensina a ler e escrever”.

Confira o resultado geral do Pisa 2018

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBEM...

Redes Sociais

891FãsCurtir
165SeguidoresSeguir
47SeguidoresSeguir
13SeguidoresSeguir
10InscritosInscrever
- PUBLICIDADE -

Últimas publicações

- PUBLICIDADE -