PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Pó desinfetante torna água potável quando exposto à luz do Sol

Foto: tamaraelnova/envato

Pesquisadores criam uma substância que utiliza a luz solar para purificar a água, promovendo uma desinfecção rápida e eficaz.

A revista científica Nature Water trouxe, na última quinta-feira, uma inovação que promete transformar a maneira como tratamos a água. Um grupo de cientistas anunciou a criação de um pó desinfetante capaz de tornar a água potável apenas com a exposição à luz solar.

O revolucionário produto é uma composição de minúsculos flocos de óxido de alumínio, sulfeto de molibdênio, cobre e óxido de ferro. A ideia surgiu como uma alternativa às tecnologias tradicionais de tratamento de água que se baseiam em produtos químicos, que podem gerar subprodutos nocivos, e luz ultravioleta, que requer um tempo maior para desinfetar e necessita de uma fonte de energia.

A novidade é que o pó, ao ser exposto à luz solar, absorve os fótons, agindo como uma junção semicondutor/metal. Os fótons liberados fazem com que os elétrons se desloquem, provocando uma reação com a água e gerando peróxido de hidrogênio e radicais hidroxila. Esses compostos químicos resultantes atuam rapidamente eliminando bactérias ao danificar as suas membranas celulares.

Para testar a eficácia do método, os cientistas aplicaram o pó em água contaminada com bactérias da espécie E. coli, expondo-a à luz solar. Em apenas um minuto, a água estava livre de qualquer bactéria.

Uma grande vantagem dessa substância é sua atoxidade e reutilização. Os nanoflocos do pó podem ser removidos da água usando um simples ímã, graças ao óxido de ferro em sua composição. O grupo de pesquisa realizou testes onde utilizaram o mesmo pó para tratar 30 amostras diferentes de água contaminada.

O pó tem potencial para ser usado em estações de tratamento de águas residuais, que atualmente dependem de lâmpadas UV. Ao aproveitar a luz solar, o pó poderia desinfetar a água de maneira mais rápida e eficiente, economizando energia.

E essa inovação no tratamento da água não vem sozinha. A startup PWTech desenvolveu o PW5660, um equipamento capaz de purificar até 5.760 litros de água por dia, eliminando vírus e bactérias, tornando a água que antes seria imprópria para consumo, perfeitamente potável.

Essas inovações representam um avanço significativo na busca por soluções de tratamento de água mais eficientes, rápidas e ecológicas, e colocam a luz solar como uma grande aliada nesse processo.

Tópicos
Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE