PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Real Madrid denuncia ataques racistas contra Vini Jr à Procuradoria-Geral da Espanha

Foto: Reprodução / Instagram

O clube espanhol repudia os insultos racistas sofridos pelo atacante brasileiro durante partida contra o Valencia.

O clube de futebol Real Madrid, renomado no cenário mundial, registrou hoje uma denúncia na Procuradoria-Geral da Espanha, citando crimes de ódio e discriminação contra Vinícius Júnior, o jovem atacante brasileiro que defende as cores do time madrilenho.

Como relatado anteriormente, Vinícius Júnior sofreu ataques racistas durante a última partida do clube contra o Valencia.

O Real Madrid classificou os ataques como crimes de ódio em seu comunicado oficial. O clube, portanto, submeteu uma queixa formal à Procuradoria-Geral, especificamente à Procuradoria contra crimes de ódio e discriminação, pedindo uma investigação sobre os incidentes e a punição aos responsáveis.

Depois da partida, Vinicius Júnior expressou seu desapontamento com a situação e não descartou a possibilidade de deixar o Real Madrid.

O jogador fez uma crítica contundente ao racismo na La Liga, a primeira divisão do futebol espanhol. Em suas redes sociais, lamentou a situação e disse que a competição, a Federação Espanhola de Futebol e os adversários parecem considerar o racismo como algo normal.

Vinicius também lembrou grandes jogadores como Ronaldinho, Ronaldo, Cristiano Ronaldo e Messi, que brilharam na La Liga, contrastando com a atual presença marcante do racismo no campeonato.

Tópicos
Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE