Síndrome da Bela Adormecida: doença faz garota dormir por até 2 meses seguidos

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

A doença rara faz com que a menina durma por longos períodos de tempo.

Sharik Tovar, uma garota de 17 anos da cidade colombiana de Acacías, sofre de “síndrome da Bela Adormecida” desde os 2 anos de idade, segundo reportagem da TV Caracol, da Colômbia.

A doença é muito rara – apenas 40 casos foram relatados em todo o mundo.

Ela é caracterizada por episódios recorrentes de sono excessivo, além de alterações cognitivas e comportamentais.

No caso de Sharik, o sono pode durar até dois meses.

Enquanto a garota dorme, a mãe liquefaz a comida e a alimenta com muito cuidado para que não se engasgue.

Para piorar a situação, a menina acorda com amnésia, precisando de um tempo para lembrar quem é e onde está.

Este ano, seu período maior de sono foi de 22 dias.

Mas em 2018 ela chegou a dormir por 48 dias seguidos e, quando acordou, perdeu a memória temporariamente.

A mãe teve que largar o trabalho para conseguir cuidar adequadamente da filha.

Infelizmente, a causa da síndrome ainda é desconhecida, bem como a cura.

Mas existe uma teoria de que a condição pode estar ligada a infecções virais.

Assista ao vídeo abaixo e saiba mais sobre o drama da colombiana Sharik Tovar:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

COMENTÁRIOS

VEJA TAMBÉM

Gostou deste artigo?

Cadastre seu email e receba novidades em sua caixa de mensagens e fique sempre atualizado e informado.

Curta