PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Técnico de som de Lana Del Rey xinga brasileiros após ter celular roubado no país

Foto: Reprodução/Instagram/Will Whitney

Will Whitney, que trabalha na turnê da cantora, gerou controvérsia com suas declarações nas redes sociais.

Will Whitney, membro da equipe técnica da turnê da cantora Lana Del Rey, gerou controvérsia após publicar em suas redes sociais que teve seu celular roubado durante sua passagem pelo Brasil.

Whitney usou palavras duras para descrever os brasileiros, o que causou reações negativas por parte do público.

Em uma postagem feita no Instagram em 28 de maio, Whitney escreveu:

“Acabei de ter meu celular roubado das minhas mãos por um pedaço de merda em uma motocicleta. Foda-se esse país inteiro. Eles não merecem música ao vivo. Mal posso esperar para voltar para casa”.

Ele também usou hashtags ofensivas referindo-se ao Brasil.

Apesar de ter bloqueado os comentários nessa postagem específica, internautas brasileiros criticaram Whitney por suas declarações em outras publicações, acusando-o de xenofobia. Na tarde de 31 de maio, a postagem foi excluída.

Inicialmente, Whitney não especificou a cidade em que o roubo ocorreu, mas marcou a localização do Jockey Club do Rio de Janeiro, onde Lana Del Rey se apresentou no Festival MITA, no sábado, 27 de maio.

Questionado pelo G1, o festival declarou que o roubo ocorreu durante um passeio pessoal de Whitney pelo Rio, não durante o evento.

Lana Del Rey tem uma apresentação agendada para o próximo sábado, 3 de junho, em São Paulo, também como parte do Festival MITA.

Tópicos
Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE