PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Zoë Saldaña revela motivo de deixar a franquia Guardiões da Galáxia após 3º filme

Foto: Cortesia de Marvel Studios. © 2023 MARVEL

Atriz interpreta Gamora desde 2014 e compartilha emoções sobre a conclusão da jornada da personagem.

Além de Dave Bautista, que interpreta Drax no Universo Cinematográfico Marvel (MCU), Zoë Saldaña, atriz que dá vida a Gamora em Guardiões da Galáxia, também deixará a franquia após o terceiro filme, que estreia em maio de 2023 nos cinemas brasileiros. 

Em entrevista ao The Hollywood Reporter, o elenco e o diretor James Gunn comentaram sobre as experiências deles nos últimos 10 anos desde as filmagens do primeiro Guardiões da Galáxia, e Saldaña revelou o motivo de deixar a personagem que interpreta desde 2014.

“Eu não acho que este é o fim para os Guardiões, mas certamente é o fim para mim, para Gamora. No meu último dia no set, eu agradeci James por dedicar tanto tempo a essa personagem, por me guiar nesses filmes e por sua amizade”, afirmou Saldaña. 

A atriz compartilhou suas emoções sobre a conclusão da jornada da personagem, que teve uma jornada diferente das outras.

Guardiões da Galáxia Vol. 3 é um dos principais lançamentos da Marvel Studios em 2023 e promete encerrar um ciclo da equipe galática formada por Peter Quill (Chris Pratt), Gamora (Zoë Saldaña), Groot (Vin Diesel), Nebulosa (Karen Gillan), Drax (Dave Bautista), Mantis (Pom Klementieff) e Rocket Raccoon (Bradley Cooper). 

Embora a despedida seja emocionante, as filmagens do terceiro filme foram “agridoces” para Saldaña, como ela mesma compartilhou em entrevista à Entertainment Weekly.

“Foi agridoce porque nos disseram que [o filme] é o último capítulo dos Guardiões da Galáxia. Sei como Gamora fez uma jornada diferente, então, se eles continuarem, não sei o que há para Gamora em termos de se ela será uma guardiã novamente ou não. Foi agridoce”, explicou Saldaña. 

Ela acrescentou que as filmagens começaram com um sabor amargo por conta da antecipação do fim, mas terminaram com uma nota doce. 

“Tive uma evolução que presenciei de mim mesma, mas também do meu diretor e do meu elenco, senti-me muito abençoada e grata. Foi uma partida muito doce, devo dizer”, concluiu.

Tópicos
Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE