PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

5 métodos surpreendentes de tratamento de fertilidade na história

Foto: Tarciso Morais / CPN-News

Conheça cinco práticas antigas e curiosas utilizadas para aumentar a fertilidade antes da era da medicina moderna.

O progresso da ciência permitiu o avanço em diversas áreas da medicina, inclusive no tratamento da infertilidade.

No entanto, nossos antepassados tiveram que recorrer a métodos pouco convencionais e até bizarros para tentar resolver problemas de fertilidade.

A seguir, listamos cinco desses tratamentos curiosos que não seriam adotados nos dias atuais.

  1. Combinação de manteiga e leite

No século IV a.C., Hipócrates, pai da medicina moderna, sugeriu um método contraceptivo bastante peculiar. Mulheres que não queriam engravidar deveriam ingerir manteiga vegetal e leite de outra mulher que tivesse dado à luz a um menino, em jejum. Se a mulher vomitasse após consumir essa mistura, acreditava-se que ela engravidaria.

  1. Presentes em águas termais

As civilizações antigas costumavam atribuir aos deuses a responsabilidade pela fertilidade. Os etruscos, por exemplo, lançavam pequenas estátuas de bebês em fontes termais como oferendas aos deuses, na esperança de aumentar suas chances de engravidar.

  1. Açoites no abdômen

Em Roma Antiga, ocorria um festival em outubro em que sacerdotes corriam pelas ruas chicoteando o abdômen de mulheres com dificuldade para engravidar. A razão por trás dessa prática bizarra, entretanto, nunca foi esclarecida.

  1. Sacrifício de virgens

No Império Asteca, a deusa da fertilidade Xochiquetzal era reverenciada por meio do sacrifício humano. Uma virgem era escolhida para representar a deusa e se casar com um guerreiro de destaque. Após um ano, a jovem era sacrificada e sua pele oferecida à deusa em troca de bênçãos de fertilidade e partos saudáveis.

  1. Testículos de porco

Na Inglaterra medieval, médicos recomendavam remédios estranhos para tratar a infertilidade, como o uso de testículos de porco. Eles deveriam ser secos, triturados até virar pó e misturados com vinho. O paciente deveria beber essa poção para garantir a fertilidade, mas não se sabe se a recomendação era para a mulher ou para o homem da relação.

Tópicos
Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE