PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Charlie Sheen admite conturbada relação com Ashton Kutcher na série Two and a Half Men

Foto: Reprodução / Marvel

Charlie Sheen, estrela de Two and a Half Men, revela os conflitos por trás das câmeras e sua reconciliação com o criador da série, Chuck Lorre.

O legado de Charlie Sheen em “Two and a Half Men” é indiscutível. No entanto, o relacionamento tenso com o produtor Chuck Lorre culminou na sua substituição por Ashton Kutcher, protagonista de “That ’70s Show”.

A decisão mergulhou Sheen em um estado de frustração que o levou a confrontar seu sucessor durante anos.

Numa entrevista franca concedida ao TMZ em 2012, Sheen revelou:

“Não posso mais fingir. Não posso mais disfarçar a minha insatisfação com a qualidade da série. Não posso mais esconder a minha decepção com Ashton. […] Nada pessoal. Eu apenas sinto por ele, tendo que atuar com roteiros tão fracos.”

Sheen não mediu palavras ao expressar sua insatisfação com “Two and a Half Men” e seu novo protagonista, Ashton Kutcher. Por vezes, a tensão entre eles escalou para ameaças de hospitalização.

Contudo, em uma reviravolta surpreendente, Sheen admitiu, mais tarde, que poderia ter adotado uma postura “mais gentil”, segundo relato do Entertainment Tonight no programa de Kyle e Jackie O.

Parece que o tempo amenizou os conflitos do passado, visto que Sheen conseguiu encontrar uma forma de reconciliação com Chuck Lorre, criador de “Two and a Half Men”.

Tanto é verdade que Sheen foi escalado para um papel na nova série de Lorre, “How to Be a Bookie”, cuja data de lançamento ainda não foi anunciada.

Tópicos
Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE