Coronavírus: ida ao supermercado requer cuidados. Veja quais são

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

A ida ao supermercado durante a pandemia do novo coronavírus requer algumas precauções para garantir que não haja contaminação.

Em tempo de pandemia, os cuidados devem ser redobrados ao executar atividades do dia a dia.

A recomendação do Ministério da Saúde é clara: para evitar o contágio e aumento do número de casos do novo coronavírus, as pessoas devem sair de casa apenas quando realmente for necessário.

Ao sair para realizar atividades essenciais, como ir ao supermercado, deve sempre usar máscara e higienizar as mãos com álcool gel antes de entrar no estabelecimento.

(Veja aqui como fazer sua máscara de proteção caseira e também como usá-la com óculos sem embaçar as lentes)

Além disso, pessoas que estão no grupo de risco como idosos, diabéticos, asmáticos, com problemas cardiovasculares e imunodeprimidos, entre outras comorbidades, devem evitar ainda mais as saídas.

Todavia, diante desse cenário, principalmente econômico, é difícil seguir todas as recomendações.

Afinal, as pessoas precisam trabalhar para conseguir honrar seus compromissos financeiros.

Mas no caso de quem está saudável e precisa realmente sair para ir ao supermercado ou à farmácia, e necessário alguns cuidados para evitar a contaminação.

O mercado, além das pessoas circulando, possui  produtos que vêm de várias regiões e passam pelas mãos de muitas pessoas.

Portanto, torna-se um local de fácil contaminação.

O que fazer no mercado

Para evitar ficar muito tempo dentro do ambiente, faça sua lista de compras com antecedência.

Desse modo, você irá direto ao produto, sem a necessidade de ficar circulando dentro do supermercado tentando se lembrar do que precisa.

Além disso, sempre que pegar algum produto ou tocar no carrinho do supermercado, não leve a mão ao rosto, nariz ou olhos.

Mantenha uma distância de 1,5 metro ou mais dos demais consumidores, e procure fazer suas compras em horários flexíveis,  menos movimentados.

Na hora de pagar, se possível, opte pelo pagamento com cartão e evite dinheiro.

Higiene ao chegar em casa

Ao chegar em casa, recomenda-se higienizar suas compras antes de guardá-las.

Segundo um comunicado do professor do Departamento de Microbiologia, Imunologia e Parasitologia da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Oscar Bruña-Romero, deve-se lavar os alimentos crús em água corrente e mergulhar as frutas e verduras em uma solução com água sanitária diluída em água.

O professor ainda reforça:

“Observe no rótulo da água sanitária a diluição ideal e o tempo necessário para deixar o alimento em imersão. Se não tiver essa informação no rótulo, busque outra marca, pois alguns produtos não devem ser utilizados em alimentos”.

Após esse processo, enxágue com bastante água.

Além disso, nos alimentos secos, ous eja, aqueles que são embalados (arroz, feijão, biscoito, massas, etc.) também aconselha-se passar álcool 70% na embalagem ou deixar no sol por duas horas.

Outra dica importante: ao chegar em casa, troque o calçado e a roupa usada e tome um banho.

Esse mesmo procedimento de higiene também deve ser feito com as compras online.

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

COMENTÁRIOS

VEJA TAMBÉM

Gostou deste artigo?

Cadastre seu email e receba novidades em sua caixa de mensagens e fique sempre atualizado e informado.

Curta