PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Cruzeiro bate o Náutico e garante vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil

Foto: Cris Mattos / Staff Images / Cruzeiro / Reprodução

William e Richard, já na reta final, marcam para a Raposa; Timbu havia vencido no confronto de ida.

O Cruzeiro venceu o Náutico nesta terça-feira (25) por 2×0, no Independência, e garantiu passagem para a fase de oitavas de final da Copa do Brasil. O Timbu havia vencido na ida por 1×0 e jogava pelo empate.

Os gols da partida foram marcados pelo lateral-direito William e pelo volante Richard, já aos 44 da etapa final.

Os donos da casa pressionaram desde o início do jogo. Machado tentou dois arremates de fora da área, sem muito perigo para o gol de Vagner.

A resposta veio com Kayon, aos 16. Após cruzamento da direita, o jovem atacante cabeceou livre na pequena área, mas mandou por cima do gol.

O centroavante Gilberto teve a chance mais clara do Cruzeiro no primeiro tempo, aos 38. Ele recebeu na entrada da área e fuzilou de primeira, para ótima defesa de mão trocada de Vagner.

Já aos 44, Bruno Rodrigues recebeu na área, girou e chutou rasteiro. A bola passou muito próxima ao poste direito alvirrubro.

A volta do intervalo seguiu na mesma toada. O Cruzeiro pressionava empurrado pela torcida, enquanto o Náutico se fechava e tentava explorar os contra-ataques.

Até que aos 9′, Bruno Rodrigues tabelou com Gilberto e cruzou rasteiro para William, sozinho na segunda trave, só empurrar para o gol vazio.

O segundo não saiu por muito pouco, aos 16. Gilberto fez boa jogada, chutou e Vagner fez grande defesa. No rebote, Machado finalizou e o zagueiro Denilson se atirou na frente da bola para salvar o Timbu.

A resposta veio sete minutos depois. Gabriel saiu cara a cara com Rafael Cabral, mas o goleiro fechou bem o ângulo e evitou o gol de empate.

A Raposa seguiu pressionando, mas o gol da classificação teimava em não sair. Luciano Castan perdeu ótima oportunidade, já aos 42.

Até que aos 44, William recebeu na direita e cruzou na marca do pênalti. Richard, livre de marcação, cabeceou forte para colocar o Cruzeiro nas oitavas de final da Copa do Brasil.

Tópicos
Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE