PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Cuca deixa o comando do Corinthians após apenas duas partidas

Foto: Marcos Ribolli

Treinador foi abraçado por jogadores após vitória nos pênaltis contra o Remo e lamentou saída por motivos familiares.

Após a vitória nos pênaltis contra o Remo nesta quarta-feira, o técnico Cuca anunciou sua saída do Corinthians com apenas duas partidas no comando do time.

Em um breve pronunciamento, Cuca afirmou que a decisão foi motivada por um pedido da família.

“Amanhã estou em casa, vou cuidar de vocês”, disse o treinador, que foi abraçado por todos os jogadores ainda no campo.

O presidente do Corinthians, Duilio Monteiro Alves, lamentou a saída de Cuca e afirmou que o treinador vem sofrendo um “massacre”.

A passagem de Cuca pelo Corinthians durou menos de uma semana. Ele foi anunciado como substituto de Fernando Lázaro na última quinta-feira e fez sua estreia no domingo, em uma derrota por 3 a 1 para o Goiás, fora de casa, pela 2ª rodada do Brasileirão.

Desde sua chegada, o treinador foi alvo de protestos de parte da torcida do Corinthians, que não aceitou a contratação de um condenado por estupro em 1989, na Suíça.

A diretoria, por sua vez, dizia acreditar na inocência do treinador, que também afirmou ser inocente.

Com a saída de Cuca, a diretoria do Corinthians já iniciou a busca por um novo comandante para o time.

A expectativa é que o novo técnico seja anunciado em breve, para que possa dar continuidade ao trabalho no Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil.

Tópicos
Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE