PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Flamengo enfia oito no Maringá e se classifica na Copa do Brasil

Foto: André Durão / Reprodução

Com 4 de Pedro, Rubro-Negro fez chover gols no Maracanã e avançou às oitavas de final da competição.

O Flamengo atropelou o Maringá por 8×2, no Maracanã, e está classificado para as oitavas de final da Copa do Brasil.

Os gols da partida foram marcados por Pedro (quatro vezes), Gabigol, Gerson e Éverton Cebolinha. Fabrício Bruno contra e Bruno Lopes descontaram para o Dogão.

Precisando reverter uma desvantagem de dois gols do confronto de ida, o Flamengo abriu o placar logo aos 2 minutos de jogo. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Thiago Maia, que bateu forte na pequena área.

O segundo gol veio aos 18, com Pedro escorando de cabeça nova cobrança de escanteio de Cebolinha.

Dois minutos depois, o lateral-direito Wesley entrou na área, deu um chapéu no zagueiro e bateu fraco, nas mãos do goleiro Dheimisson.

Aos 27, Gerson driblou dois marcadores e foi derrubado dentro da área. Gabigol cobrou o pênalti e colocou o Rubro-Negro em vantagem no agregado.

Dheimisson fez milagre aos 34, salvando pancada de Éverton Ribeiro à queima-roupa.

Quatro minutos depois, em escanteio cobrado na área rubro-negra, a bola bateu em Fabrício Bruno e foi direto para o gol: 3×1.

O Flamengo não se abalou com o gol sofrido e ampliou o marcador com Gerson, já aos 48. Ayrton Lucas achou o camisa 20 na entrada da área, ele avançou e chutou forte de canhota.

O Maringá chegou com perigo aos 9 da segunda etapa. Em saída rápida, Gustavo Ramos recebeu cara a cara com Santos, que fez excelente defesa. No contra-ataque, Gabigol achou Cebolinha, que driblou o goleiro e tocou para o gol vazio.

Aos 19, Serginho ajeitou para Bruno Lopes que arriscou de longe. A bola desviou e encobriu o goleiro Santos.

Mas o ânimo dos visitantes durou pouco: no minuto seguinte, a bola passou de pé em pé até Gerson achar Pedro no meio da área, que só empurrou para o gol.

O centroavante ampliou aos 39, em passe açucarado de Vidal de cabeça. Três minutos depois, a dupla voltou a funcionar. O chileno recebeu na direita e só rolou para o camisa 9 fechar a conta.

Tópicos
Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE