PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Menina de 2 anos é hospitalizada após colocar comprimido de ecstasy no nariz

Foto: Reprodução / O Globo

A criança confundiu as pílulas coloridas com balas e doces, resultando em intoxicação e hospitalização.

Uma menina de 2 anos foi atendida no Centre Hospitalier Universitaire (CHU) de Toulouse, no sul da França, após inserir um comprimido de ecstasy no nariz.

A mãe da criança acredita que a menina abriu uma caixinha contendo as pílulas coloridas, confundindo-as com balas e doces, e colocou uma no nariz.

Quando percebeu o ocorrido, a mãe conseguiu retirar parte da pílula do nariz da criança.

No entanto, como a menina apresentava sinais de intoxicação, foi necessário chamar uma ambulância para levá-la ao hospital.

O caso foi descrito na revista científica Archives de Pédiatrie. Segundo os autores, outros 80 casos semelhantes foram relatados na literatura médica, mas nenhum envolvia o nariz como porta de entrada da substância.

A menina chegou ao hospital com alterações de comportamento e saúde visíveis, incluindo sinais de embriaguez e confusão, agitação, hipertensão, batimentos cardíacos acelerados, pupilas dilatadas e temperatura corporal normal.

Diante dos sinais, a criança foi transferida para a UTI do hospital, onde passou por diversos exames, incluindo testes de sangue e urina. Nas amostras colhidas, a única droga encontrada foi o ecstasy (MDMA).

Tópicos
Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE