PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Museu na Espanha é destino obrigatório para os amantes das batalhas históricas

Foto: Joanbanjo / CC BY-SA 4.0

Um passeio inesquecível pelo universo dos brinquedos e história em um palácio gótico mediterrâneo.

Em pleno coração histórico de Valência, um tesouro aguarda para ser descoberto. O maior acervo de soldadinhos do mundo, acompanhado de dinossauros, personagens de desenhos animados e até os Beatles em diversas versões, pode passar despercebido por muitos, mas vale a pena ser visitado.

Seja você um entusiasta de guerras e batalhas ao longo da história, um apaixonado por modelismo e pintura de miniaturas, ou simplesmente em busca de uma atração única, este museu é o destino certo.

Sediado em um palácio gótico mediterrâneo bem preservado, o edifício e seus cômodos são tão deslumbrantes quanto a própria coleção, que conta com mais de 95 mil peças expostas, algumas em dioramas extremamente detalhados.

Foto: Joanbanjo / CC BY-SA 4.0

Em vitrines repletas de miniaturas de guerreiros (e guerreiras) com apenas alguns centímetros de altura, a história da humanidade se desenrola desde a pré-história – com combates entre homens e dinossauros – até a Segunda Guerra Mundial, apesar de a Guerra Civil Espanhola não ser abordada.

A primeira maquete retrata cavaleiros medievais em justas a cavalo diante de arquibancadas. Logo abaixo, em uma prateleira inferior, encontra-se uma eclética coleção de astros do rock do século XX, dos Small Faces a Prince, embora a representação de Peter Gabriel tenha sido comprometida por ele ter caído enquanto tocava piano.

Foto: Joanbanjo / CC BY-SA 4.0

Outros cômodos do museu trazem cenas cotidianas da Índia e China, enquanto gregos e romanos antigos protagonizam várias vitrines.

O acervo também conta com uma dose de nudez, como em uma cena que exibe mulheres nuas interagindo com seres metade homem, metade cervo.

Em contrapartida, personagens mais leves, como Asterix e seus amigos gauleses, e cowboys ocupam espaços inteiros dedicados a eles.

Talvez o mais grandioso diorama seja o da Batalha de Almansa, com mais de 9 mil figuras. Embora este confronto, ocorrido em 1707 na Espanha, possa ser desconhecido para muitos, exceto para os espanhóis e entusiastas da história do século XVIII, sua representação é, sem dúvida, épica.

Valência tem outras atrações de peso, mas se você busca uma alternativa à iconografia religiosa e à arquitetura do século XXI, essa visita será inesquecível.

Tópicos
Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE