PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

O caso de James Leininger: uma possível evidência de reencarnação?

Foto: Reprodução / Google

Menino americano alega ter lembranças de uma vida passada como piloto na Segunda Guerra Mundial.

O caso de James Leininger, um menino nascido em 1998 nos Estados Unidos, tem despertado curiosidade e inspirado discussões sobre a possibilidade da continuidade da consciência após a morte.

Aos 2 anos de idade, James começou a relatar memórias vívidas de uma vida passada como piloto de caça na Segunda Guerra Mundial, chamado James Huston Jr, segundo informações do portal Reencarnação.ORG.

As lembranças de James incluíam detalhes sobre a aeronave em que voou, membros da tripulação e batalhas específicas.

Foto: Reprodução / Google

O psiquiatra Jim Tucker, da Universidade da Virgínia, investigou o caso e encontrou várias semelhanças entre as memórias de James e a vida de James Huston Jr.

Em entrevista, Tucker afirmou: “Estou convencido de que este é um caso genuíno de reencarnação.

As semelhanças entre as lembranças de James e a vida de James Huston Jr. são impressionantes e não podem ser explicadas por acaso ou por informações obtidas de outras fontes“.

Para muitos defensores da reencarnação, o caso de James Leininger serve como um exemplo convincente da possibilidade de que a consciência possa continuar além da morte.

Tópicos
Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE