PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Tragédia no Ceará: Policial Civil abre fogo contra colegas em delegacia

Foto: Reprodução / Twitter

A comunidade de Camocim, no Ceará, se encontra em estado de choque após um policial civil assassinar quatro colegas em uma delegacia local.

Na madrugada deste domingo, a cidade de Camocim, no Ceará, foi palco de uma tragédia que abalou toda a comunidade local. Um policial civil tirou a vida de quatro colegas dentro de uma delegacia regional, sendo posteriormente detido.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS) informou que o agressor, ainda não identificado, invadiu a delegacia da Polícia Civil em Camocim, onde assassinou os escrivães Antônio Cláudio dos Santos, Antônio José Rodrigues Miranda, Francisco dos Santos Pereira, além do inspetor Gabriel de Souza Ferreira.

A situação está em processo de investigação e a delegacia foi isolada para a realização de perícia.

“Neste momento de profundo pesar, a SSPDS-CE e suas instituições associadas, especialmente a PC-CE, expressam solidariedade às famílias e amigos das quatro vítimas e garantem que todos os recursos institucionais estão disponíveis.

A SSPDS reconhece e valoriza os relevantes serviços prestados pelos policiais civis assassinados, que dedicaram suas vidas ao combate ao crime no Ceará”, declarou a SSPDS em comunicado.

Elmano Freitas (PT-CE), governador do Ceará, manifestou sua consternação nas redes sociais, afirmando estar “absolutamente consternado diante do trágico episódio”.

Ele estendeu sua solidariedade às famílias, amigos e profissionais da Segurança Pública do Estado, assegurando que “O Governo do Ceará dará todo o apoio necessário aos familiares”.

Tópicos
Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE