PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Vulcão entra em erupção na Rússia e ameaça tráfego aéreo (vídeo)

Foto: Roscosmos/Divulgação via REUTERS

Autoridades locais fecham escolas e recomendam que moradores de aldeias próximas permaneçam em casa.

Um espetáculo da natureza se desenrola na península de Kamchatka, Rússia, onde o vulcão Shiveluch entrou em erupção na manhã desta terça-feira (11).

Com a emissão de uma nuvem de cinzas de 10 quilômetros de altura, a atividade vulcânica representa uma ameaça crescente ao tráfego aéreo, conforme alertou a Equipe de Resposta a Erupções Vulcânicas de Kamchatka (KVERT).

Diante do cenário preocupante, a KVERT emitiu um Aviso do Observatório do Vulcão em código vermelho para a aviação, destacando a presença de uma “grande nuvem de cinzas” a oeste do vulcão.

A equipe alerta que explosões de cinzas de até 15 quilômetros de altura podem ocorrer a qualquer momento, colocando em risco voos internacionais e aeronaves que voam a baixa altitude.

Enquanto isso, as autoridades locais tomam medidas para garantir a segurança da população. Escolas foram fechadas e os moradores das aldeias próximas ao vulcão receberam orientações para ficarem em casa.

Oleg Bondarenko, chefe da região municipal de Ust-Kamchatsky, comunicou a situação por meio de uma postagem no Telegram, relatando que a nuvem de cinzas se espalhou por dezenas de quilômetros ao redor do vulcão.

O Shiveluch é um dos maiores e mais ativos vulcões de Kamchatka, com cerca de 60 erupções substanciais nos últimos 10.000 anos.

A última erupção de maior proporção ocorreu em 2007. O vulcão é composto por duas partes principais, sendo a menor delas – Shiveluch jovem – extremamente ativa nos últimos meses, de acordo com cientistas.

Bondarenko informou que a erupção teve início às 6h31 horário local (15h31 no horário de Brasília) e que a nuvem de cinzas se espalhou pelas aldeias de Klyuchi e Kozyrevsk, localizadas a mais de 70 quilômetros de distância. Ele reforçou o alerta para que os residentes permaneçam em casa e evitem viagens desnecessárias.

Tópicos
Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE